Sintra conta, para este fim de semana, com um festival diferente – Aura Festival. Já na sua segunda edição o objetivo é trazer literalmente uma nova luz à vila, visitando-a durante a noite.

O Aura Festival irá surpreender-nos com um caminho iluminado desde o Museu das Artes de Sintra (MUSA) até à Quinta da Regaleira. O evento irá decorrer até domingo e conta com um circuito artístico que inclui videomapping, instalações em edifícios classificados  e um documentário sobre Sintra e os seus moradores, tendo como  tema principal Histórias da Noite.

O festival este ano envolve uma maior participação no espaço público, interagindo com  residentes e comerciantes locais. Em declarações ao Fugas, Patrícia Freire, diretora artística do festival, afirma a importância dessa interação: “Não interessa fazer um festival que não tenha a participação das pessoas. O nosso foco é a reconciliação delas com o espaço onde estão”.

Essa ligação com a população local também é feita através da apresentação dos documentários Cartografia Emocional que mostram histórias e vivências dos atuais e antigos residentes da vila de Sintra.

(Imagem: Reprodução Maxima)

Imagem: Reprodução Maxima

Na programação destacam-se  instalações de artistas nacionais e estrangeiros que foram selecionados para a edição deste ano. O videomapping na fachada do Palácio Nacional de Sintra com a apresentação de imagens do seu interior,  é da da responsabilidade dos artistas portugueses Oskar&Gaspar. Coube a Carlos Abreu e Alfred Kurz da Alemanha uma instalação de luz na Fonte Mourisca e o coletivo português Rethorica Studio apresentará uma instalação na Quinta da Regaleira e no Miradouro da Correnteza.

Marquem nas vossas agendas. Este festival decorre até domingo das 21h às 00h30. Se quiserem levar carro a organização aconselha estacionar no parque de estacionamento. Há também a hipótese de irem de comboio. A CP associa-se a este evento, vendendo bilhetes a 2€ a partir das 19h.

Fonte: Fugas

 

Isabel Bernardo
Isabel Bernardo
Nascida e criada em Lisboa, tem a literatura, línguas e turismo como formação e um carinho especial pelo património, história, escrita e música. Entra nesta aventura, pelo gosto que tem em construir historias e passeios e pelo contacto com as pessoas. Fora da Rota é isso mesmo! Uma viagem enriquecedora entre amigos, mostrando os encantos de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *