Dois dias para marcar na agenda – 18 e 20 de maio. O primeiro dia é o Dia Internacional dos Museus  com entrada gratuita em museus, palácios e monumentos um pouco por todo o país. 20 de Maio será o dia reservado com entradas gratuitas em vários locais a partir das 18h.

O Dia Internacional dos Museus foi instituído pelo ICOM – International Council of Museums, uma organização não-governamental com ligação formal à  UNESCO. Este ano irá decorrer com o tema ”Museus e histórias contestadas: Dizendo o Indizível”, refletindo sobre o papel dos museus na reconciliação nas comunidades e na sociedade em geral.  Dia 18 de maio todos os museus, monumentos e palácios geridos pela Direção Geral do Património terão entradas gratuitas.

No dia 19 de Maio, já fazendo um preaquecimento da Noite dos Museus, estará aberto a partir das 18h o Museu da Arte Popular e no dia 20 de maio a partir da mesma hora, os museus , palácios e monumentos da DGPC terão, igualmente, entrada gratuita, com exceção do Convento de Cristo, Mosteiro da Batalha, Mosteiro dos Jerónimos, Museu Monográfico de Conímbriga, Panteão Nacional e Torre de Belém que encerram no seu horário habitual.

(Imagem: Reprodução Lisbon Lux)

Imagem: Reprodução Lisbon Lux

A Noite Europeia dos Museus, irá decorrer no dia 20 de maio e é uma iniciativa criada pelo Ministério da Cultura e Comunicação de França, com adesão por parte dos museus portugueses há já alguns anos. Irão ser realizadas várias iniciativas. No museu da Arte Antiga, por exemplo, vai ser exibida ao público a escultura do Arcanjo de São Miguel, derrubada por um visitante no ano passado que entretanto foi recuperada. Em modo de celebração pelo regresso da peça, está previsto um espetáculo organizado pela Escola de Circo Chapitô, a partir das 21h30.  A peça em causa pertencia ao antigo Colégio de São Patrício, atuais instalações da referida escola.

O Museu Nacional do Teatro e de Dança será palco para o bailado marcado para as 22h00, com a participação da Companhia Nacional de Bailado e coreografia de Catarina Câmara. O espetáculo tem como título sugestivo: “Príncipes, Heroínas, Amores Impossíveis e Outras Assombrações”. Ainda pelas danças, se visitar o Museu dos Coches, irá aprender coreografias da corte, organizadas pelos ”Pé de Dança”, às 21h.

E no Museu Nacional de Azulejos irá encontrar sessões de ”show cooking”  a partir das 18h, organizadas pela Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa.

Estas e outras iniciativas poderão consultar no site da Direção-Geral do Património, aqui.

Fonte: DN

Isabel Bernardo
Isabel Bernardo
Nascida e criada em Lisboa, tem a literatura, línguas e turismo como formação e um carinho especial pelo património, história, escrita e música. Entra nesta aventura, pelo gosto que tem em construir historias e passeios e pelo contacto com as pessoas. Fora da Rota é isso mesmo! Uma viagem enriquecedora entre amigos, mostrando os encantos de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *