Desde este sábado Lisboa é oficialmente a capital ibero-americana da cultura com vários eventos a decorrer ao longo do ano. Seguem por aqui as nossas sugestões.

Desde o dia 7 de Janeiro, Lisboa é oficialmente a capital ibero-americana da cultura com uma programação extensa a decorrer ao longo do ano. Esta é a segunda vez que assume o papel, já que a primeira vez foi em 1994, altura em que coincidiu como Lisboa – Capital Europeia da Cultura. Sob o tema ”Passado e Presente” haverá exposições, concertos, teatro, dança, colóquios e eventos de gastronomia. São mais de 150 eventos para ver e ouvir.

A programação rege-se com o tema ”Passado e Presente”, pensado pelo coordenador da programação, António Pinto Ribeiro, assentando em quatro eixos: a questão indígena, a afro-descendência, as migrações e a criação contemporânea.

O que podemos ver?

 No Museu da Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva…

(Imagem: Reprodução dibam)

Imagem: Reprodução dibam

Exposição do espólio de Armindo Cardoso, fotógrafo português, forçado a exilar-se em 1965 por motivos políticos. Os seus quatro mil negativos a preto e branco estiveram enterrados durante três meses num jardim da casa em Santiago do Chile e esta é a primeira vez que são vistos pelo público.

 

Arte Urbana…

MURO – Galeria de Arte Urbana

(Imagem: Reprodução Lisbon Lux)

Imagem: Reprodução Lisbon Lux

A acontecer em Marvila nos mesmos moldes de intervenção no Bairro Padre Cruz, contemplando  animação e espectáculos de rua. O programa inclui a realização de intervenções artísticas em muros durante os dias de 20 a 28 de maio, e eventos musicais nos últimos três dias com eventos musicais e atividades de animação. As intervenções artísticas serão realizadas por artistas de rua provenientes dos países abrangentes do espaço ibero-americano, nomeadamente países com menor divulgação/exposição neste universo artístico.

 Música…

(Imagem: Reprodução Mi novio es mas joven)

Imagem: Reprodução Mi novio es mas joven

Canta Violeta Parra é uma homenagem à cantora chilena que em 2017 celebraria os seus 100 anos, a decorrer em Março, mês dedicado à mulher. O evento conta com a participação de várias artistas portuguesas.

Canções para Revoluções celebrando o 25 de abril. Para além de uma conferência e exposição  é proposto um concerto com a orquestra sinfónica portuguesa, coro e combo ligeiro reinterpretando canções de José Afonso, Chico Buarque, Carlos Puebla ou Mercedes Sosa.

 

Nas Festas de Lisboa

(Imagem: Reprodução RFM)

Imagem: Reprodução RFM

Também a programação das festas de Lisboa, a decorrer durante o mês de junho, integra uma programação a contar com a cultura ibero-americana. O concerto de abertura será da responsabilidade da orquestra Gulbenkian interpretando obras de Joaquin Rodrigo, Arturo Marquez, Silvestre Revueltas, Manuel de Falla e Heitor Villa-Lobos. Nos dias 15, 16, 17  e 18 de Junho irão decorrer espectáculos de música, leitura de textos. contos e poemas, com a participação de músicos vindos do Perú, Brasil, México e Uruguai. Dia 1 de Julho a programação das Festas de Lisboa encerra com um Baile Latino ao ar livre na maior praça da cidade.

E há também teatro, bailado, conferências, colóquios, cinema, e muito mais!

Para mais informação, ver aqui.

Fonte: Rádio Renascença e site oficial da Lisboa Capital Ibero-americana da Cultura.

Isabel Bernardo
Isabel Bernardo
Nascida e criada em Lisboa, tem a literatura, línguas e turismo como formação e um carinho especial pelo património, história, escrita e música. Entra nesta aventura, pelo gosto que tem em construir historias e passeios e pelo contacto com as pessoas. Fora da Rota é isso mesmo! Uma viagem enriquecedora entre amigos, mostrando os encantos de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *