Já na sua 4ª edição, o Lisbon Week é um evento cultural que irá decorrer entre os dias 25 de março e 2 de abril. Em cada edição este evento procura atrair o público em bairros diferentes da cidade. Este ano será no Lumiar, a mais antiga freguesia da cidade.

Depois de Alvalade, este ano o Lumiar é a freguesia escolhida para acolher mais uma edição do Lisbon Week. Será uma semana para voltar ou visitar pela primeira vez os Museus do Traje, do Teatro e Dança, os antigos estúdios do cinema Tóbis, o parque Botânico do Monteiro-Mor, a Quinta dos Azulejos, o centro histórico de Telheiras, o estádio do Sporting, a Quinta das Conchas e a Alta de Lisboa.

O Lisbon Week veio reforçar a importância deste género  de eventos ao dinamizar os bairros que se situam mais na periferia da cidade como centros de interesse cultural e turístico. O bairro de Alvalade, por exemplo, com o evento no ano passado, pode criar sinergias entre instituições e, com isso, definir uma marca após o evento. O mesmo se espera com o bairro do Lumiar. E o que podemos ver? Eis as nossas sugestões:

Visita Culturais:

 Circuito de Arte Urbana

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

Circuito de autocarro Grey Line, de 2h, do Lumiar a Telheiras descobrindo obras de Vhils, Vanessa Teodoro ou Ricardo Guerreiro, entre outros artistas.

Quando; Sábados e Domingos às 11h e 14h30 e 16h45

Ponto de Encontro: Alameda de Linhas de Torres, 156

Preço: 10€

Duração: 2h

Palácio do Lumiar

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

Visitas aos Palácios Ageja- Palmela e Monteiro-Mor. Está ainda contemplada uma passagem pelo interior dos edifícios dos Museus Nacional do Traje e do Teatro e Dança. Também inclui a passagem pelo Parque Botânico Monteiro-Mor.

Quando: Terça a Sexta às 15h; Sábados e domingos às 10h, 14h e 16h.

Ponto de Encontro: Largo Júlio de Castilho

Bilhete: 7€

Duração: 2h

Igrejas e Conventos

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

Visita de autocarro às igrejas da Nossa Senhora da Portas do Céu, em Telheiras, o Colégio de Santa Doroteia, a Igreja da Nossa Senhora do Carmo, o mosteiro de Santa Maria, a Igreja de São João Baptista e a Ermida de São Sebastião.

Quando: segunda a sexta às 15h

Ponto de Encontro: Alameda de Linhas de Torres, 156

Visita no autocarro Lisbon Week /Duração 2h

Bilhete: 10€

Quintas do Lumiar

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

Visita guiada de autocarro pelas quintas do Lumiar, recordando o ambiente bucólico da freguesia, não muito longínquo no tempo. São as Quintas dos Liláses, a Quinta das Conchas, a Quinta do Pisani (Real Colégio), Quinta das Hortências, Quinta dos Azulejos, Quintas de São Cristovão e Quinta de São Sebastião, Palácio dos Condes de Vimioso, Quinta das Calvanas, Quinta de Nossa Senhora do Carmo, Quinta Nova e Quinta das Pedreiras.

Quando: segunda a sexta às 11h; sábados e domingos às 10h, 14h e 16h15

Ponto de Encontro: Alameda de Linhas de Torres, 156

Bilhete: 10€

Ciclo de Cinema:

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

Dois ciclos de curtas e longas-metragens, exibidas de 27 de março a 2 de abril na Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro e nos Estúdios Tóbis / Auditório do ICA.

Entrada Livre, mediante marcação através do email reservas@lisbonweek.com ou telefone 911 775 179

A programação encontra-se aqui.

Música

(Imagem: Reprodução Lisbon Week - Facebook)

Imagem: Reprodução Lisbon Week – Facebook

A partir de 30 de março o Salão Nobre do antigo palacete da Quinta das Conchas irá receber sons contemprâneos dos Bela Quarteto, jazz com Patrícia Vasconcelos ou hip hop com Estraca.

Preço: 7€

Para mais informação destes e  doutros eventos consultem aqui.

Fonte: Público e Lisbon Week

 

 

 

Isabel Bernardo
Isabel Bernardo
Nascida e criada em Lisboa, tem a literatura, línguas e turismo como formação e um carinho especial pelo património, história, escrita e música. Entra nesta aventura, pelo gosto que tem em construir historias e passeios e pelo contacto com as pessoas. Fora da Rota é isso mesmo! Uma viagem enriquecedora entre amigos, mostrando os encantos de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *