Quando visita Lisboa, poderá acreditar que é uma cidade pequena. Um dia ou dois poderão ser o suficiente para apanhar o essencial e, provavelmente, já fez a sua lista tendo em conta os locais que tem de visitar obrigatoriamente. Mas que tal guardar um dia ou dois e explorar as pérolas escondidas da cidade? Para além de aconselharmos fazer uma visita guiada em Lisboa connosco, siga as nossas propostas e visite alguns destes museus extraorinários! No fim deverá dar conta que visitar Lisboa por apenas dois dias é uma tarefa impossível!

 

Museu do Oriente

(Imagem: Reprodução Rádio Renascença)

Imagem: Reprodução Rádio
Renascença

Inaugurado em 2008, este museu foi criado com o objetivo de ligar o Ocidente com o Oriente, através de uma coleção de arte portuguesa e asiática. O museu tem duas coleções permanentes: uma relacionada com a presença portuguesa na Ásia e putra a coleção Kwok On com peças relacionadas com as artes performativas – máscaras, teatro sombra e marionetas. Para além das exposições permanentes também poderá encontrar workshops diversos, apresentações musicais, de dança e de teatro. Se está a planear visitar o museu numa sexta-feira, fique a saber que a entrada é livre a partir das 18h até às 22h!

Price: Adultos – 6€; Grátis para crianças até 5 anos; crianças dos 6 aos 12 anos – 2€; Mais do que 65 anos – 3.50€; estudantes – 2,50€. Entrada gratuita às sextas das 18h até às 22h.

Horário:  Terça a domingo: 10h – 18h; sexta-feira: 10 h – 22h. Fecha às segundas, 1 janeiro e 25 de dezembro.

Museu Bordalo Pinheiro

(Imagem: Reprodução cosmichouse)

Imagem: Reprodução cosmichouse

Gostaria de saber mais acerca do mais famoso ceramista e cartonista português do século XIX? Chamava-se Bordalo Pinheiro e o seu trabalho revolucionou e popularizou a cerâmica nacional tal como a conhecemos hoje em dia. Bordalo Pinheiro ficou igualmente conhecido pelas suas caricaturas satíricas (é o pai da personagem que melhor representava o povo português – o Zé Povinho) e dedicou toda a sua criatividade noutras áreas como a decoração e design. A casa do início do século XX, na zona urbana da cidade, destaca-se pela sua arquitectura, vencedora do prémio Valmor. Foi a primeira casa a ser construída como museu em 1916 e com o objetivo de juntar a coleção de Bordalo Pinheiro. Ideia desenvolvida por um colecionador, admirador do artista. O edifício foi entregue à Câmara Municipal de Lisboa em 1924 e reaberto em 2005. No museu encontrará uma exposição permanente, uma biblioteca e exposições temporárias dedicadas a artistas contemporâneos de Bordalo Pinheiro.

Preço: 3€

Horário: Terça a domingo: 10 h – 18h; Fechado às segundas, 1 Maio, 24, 25 e 31 de Dezembro e 1 Janeiro. Entrada gratuita aos domingos até Às 13h.

Cinemateca

(Imagem: Reprodução cm-lisboa)

Imagem: Reprodução cm-lisboa

Sim, Lisboa tem um museu dedicado ao cinema. A cinemateca oferece mensalmente uma programação de filmes diferentes, sobretudo clássicos, a preço convidativo. Tem igualmente uma sala de exposições, uma biblioteca, arquivos de filmes, uma livraria e um restaurante muito simpático. O museu também se estende no Palácio Foz com exibição de filmes para os mais pequenos.

Preço: 3,20€ o bilhete de cinema. Entrada gratuita no museu.

Horário: A bilheteira está aberta de segunda a sábado das 14h30 às 15h30 e das 18h Às 22h.

Museu de Lisboa

(Imagem: Reprodução portugaltravel)

Imagem: Reprodução portugaltravel

Está interessado em tudo o que diz respeito à história de Lisboa e a sua cultura? O Museu de Lisboa representa um grupo de cinco museus diferentes: o Palácio Pimenta, o edifício principal do museu da cidade, o museu de Santo António, dedicado à vida do santo mais querido da cidade, o Teatro Romano, o torreão poente da Praça do Comércio, para exposições temporárias, a Casa dos Bicos, um edifício histórico dedicado à vida e à obra de José Saramago, escritor que ganhou o prémio Nobel da Literatura.

Preços: 3€ em todos os museus exceto Casa dos Bicos que tem entrada livre.

Horário: Palácio Pimenta / Santo António / Teatro Romano / Torreão Poente:  terça a domingo – 10h  às 18h/ Encerra às segundas, 1 de maio, 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro.  Casa dos Bicos: segunda a sábado das 10h às 18h / Encerra aos domingos, 1 de Maio, 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro.

 

Museu da Música 

(Imagem: Reprodução glosas.mpmp)

Imagem: Reprodução glosas.mpmp

Quem iria adivinhar que se encontraria um museu dentro do metro? Sim, Lisboa tem um museu dentro da estação de metro e é dedicado à música. Também poderia ser sobre música mais ”underground”, mas não é. Neste caso, irá ficar surpreendido pela fantástica coleção de mais de 1000 instrumentos desde o século XVI até ao século XX, sobretudo de origem europeia, alguns africana e asiática e de tradição mais clássica e popular. Poderá também encontrar pinturas, uma vasta coleção de fonogramas e documentos gráficos. O espaço do museu é pequeno e por isso apenas parte da coleção está em exposição. Cada mês é escolhida a peça do mês em destaque. Para além de exposições o museu abre as suas portas para concertos.

Horário: Segunda a domingo das 10h às 18h / encerra aos domingos, 1 de janeiro, 1 de maio, Natal e 13 de junho (horário local).

Preço: 3€