Se o vosso sonho é viajar no tempo temos uma sugestão: Começou esta quarta, dia 27 de Julho, a Feira Medieval por terras de Santa Maria. São 12 dias de viagem até ao reinado de D. Dinis. Este ano é especial, pois celebram-se os seus 20 anos.

É considerado o maior evento de recriação histórica na Europa, uma das primeiras a ser organizada em Portugal há 20 anos atrás. A partir desse período em que foi criada,  multiplicaram-se um pouco por toda  a parte eventos do género retrarando várias épocas. Mas, ao que parece, a época medieval é o período favorito para a maioria e, sem dúvida,  que se tem tornado num modelo de sucesso para os vários municípios responsáveis pela sua organização, com um grande aumento de visitantes todos os anos.

 

(Imagem: Reprodução Porto 24)

Imagem: Reprodução Porto 24

Os elementos essenciais estão lá para que esse sucesso aconteça: viajar no tempo para uma época histórica alimenta a imaginação de adultos e crianças. Há muita animação musical, teatro, roupagens de outros tempos, gastronomia, figurantes que se desfilam constantemente retratando bobos da corte, artesãos, soldados rudes cabeludos e barbudos, donzelas delicadas da corte… tudo isto envolto num cenário de castelos, igrejas medievais e centros históricos. Património esse que não falta em Portugal.

Santa Maria da Feira viaja no tempo, todos os anos, por esta altura e conseguiu alcançar prestígio internacional com o prémio Ciudad de Castellón entregue no início deste ano. 2016 é, assim, um ano especial para esta cidade. Como se celebra um número gordo, houve um maior investimento. Conta com quatro grandes encenações, de 30 minutos de duração, em torno de duas personagens importantes da história medieval portuguesa: o rei D. Dinis e a Rainha Santa Isabel.

(Imagem: Reprodução Ver Portugal)

Imagem: Reprodução Ver Portugal

Para além disso conta, igualmente, com 25 áreas temáticas no recinto, quase 300 tabernas, restaurantes, bancas de artesãos e de mercadores. Os preços de entrada variam de 1,75€ a 4€, consoante o dia da semana. Para além dos bilhetes diários, há também uma pulseira de livre trânsito que dá acesso a todos os dias do evento por 7€. Não limitam as crianças na idade, mas sim na altura. Até 1,30m não pagam.

Como não é ainda possível usar-se uma máquina do tempo para se poder viajar até à época medieval (isso sim seria uma experiência Fora da Rota) deixamos, desta forma, esta nossa sugestão:  sigam nobres cavaleiros e donzelas por terras de Santa Maria!

Fonte – Artigo no Fugas

Mais informação aqui.

 

Isabel Bernardo
Isabel Bernardo
Nascida e criada em Lisboa, tem a literatura, línguas e turismo como formação e um carinho especial pelo património, história, escrita e música. Entra nesta aventura, pelo gosto que tem em construir historias e passeios e pelo contacto com as pessoas. Fora da Rota é isso mesmo! Uma viagem enriquecedora entre amigos, mostrando os encantos de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *