Há muito tempo que já não o faziam, mas agora as 25 Repúblicas ainda existentes em Coimbra vão celebrar a sua existência através de um super evento, organizado pelo Conselho de Repúblicas.

Resgatam a iniciativa “Semana das Repúblicas” ao abrir suas portas entre os dias de 29 de Março e 5 de Abril com  mais de 20 eventos previstos: concertos, jantares, performances e roteiros que fazem parte da tradição académica de Coimbra.

Tudo surge como uma forma de ligação das repúblicas “à comunidade estudantil e à cidade em si”, numa iniciativa que procura “divulgar, sensibilizar e celebrar as casas que ainda existem”, disse à agência Lusa Catarina Reis, da república Prá-Kys-Tão.

A 29 e 31 de Março serão realizados um roteiro pelas repúblicas da Alta de Coimbra e outro pelas casas que estão mais afastadas da zona da Universidade e a 1 de Abril é dinamizado um debate na Prá-Kys-Tão sobre a problemática do Novo Regime do Arrendamento Urbano, que já levou ao fecho de uma república e ao despejo de outra da sua habitação original.

Durante os oito dias de eventos haverá várias festas, um “workshop” de culinária vegetariana na Kágados, uma sessão de cinema na Rapó-Taxo, concertos na Baco, Bota-Abaixo, Trunfé Kopos e Inkas, jogos de mesa na Kuarenta, performance na Marias do Loureiro e pintura mural na Farol das Ilhas, entre outras actividades.

A 31 de Março, na Rás-teparta, realiza-se a Festa da Primavera. Desde os anos 1980 que várias repúblicas participam no já tradicional concurso de feijoadas, com um júri “alargado” de moradores da Alta. Entre 29 de Março e 5 de Abril decorre também uma exposição de ilustração de Margarida Ferreira na república Bota-Abaixo, intitulada “Ai, Margarida”.

Tudo de entrada gratuita e para que todos participem!
Artigo original.

Mais sobre Coimbra, aqui!

Translation in English by Isabel Bernardo
Fora da Rota
Fora da Rota
O projeto chamado Fora da Rota Tours foi idealizado por três jovens apaixonadas por viagens e, além de percursos alternativos cheios de aventura, irá abordar também lugares e rotas com ligação a lusofonia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *