Regressar a BLOG FORA DA ROTA

Como evitar as armadilhas para turistas

tourist-lines-1-910×480

Está em Lisboa e gostaria de evitar as armadilhas para turistas na cidade? Então coloque o seu guia de lado e siga as nossas dicas. Seja um verdadeiro viajante.

Elétrico 28

Imagem: Reprodução time travel turtle

Sim, é bonitinho e percorre a maior parte do centro histórico, mas para ter a oportunidade de ir, tem de esperar provavelmente mais do que uma hora e quando finalmente consegue entrar poderá não ter tanta sorte em encontrar um lugar. É o meio de transporte mais popular da cidade, maioritariamente usado pelos turistas e, por isso, torna-se num problema para os vários locais que o utilizam diariamente. No entanto, há outras alternativas como o eléctrico 25 ou o renovado 24. Fazem rotas diferentes mas são igualmente bonitinhos e amarelos. Outra opção é apanhar o 28 muito cedo de manhã ou então à noite ou então… por que não fazer o percurso a pé? É a melhor forma de descobrir a cidade!

Elevador de Santa Justa

Imagem: Reprodução Glauco Damas

Os elevadores são outros meios de transporte que têm facilitado a vida das pessoas para subir e descer as colinas de Lisboa. Hoje em dia, os elevadores de Lisboa – Bica, Lavra, Gloria e Santa Justa são mais populares entre os turistas. O elevador de Santa Justa é uma construção de metal muito bonita, que talvez nos faça lembrar uma versão mais pequena da Torre Eiffel. No entanto, esperar na fila durante tanto tempo e subir por alguns segundos, vale mesmo a pena? E que tal antes subir pelo Chiado até ao largo do Carmo e descobrir o caminho até à passagem do elevador onde poserá na mesma desfritar as vistas, evitando filas? Se ainda tiver tempo, poderá ainda admirar a vista, saboreando um copo de vinho num dos bares que se encontram mesmo ao lado do elevador. Uma opção bem mais agradável!

Clubes de Fado

Estando em Lisboa, está na lista certamente ir a um espectáculo ao vivo de fado. Mas tenha cuidado em escolher o lugar certo. Alguns dos clubes de fado são demasiado caros. Nós gostamos de locais simples que capta o verdadeiro espírito do fado. Se tiver a oportunidade, siga o nosso conselho. Vá a lugares como a Tasca do Jaime na Graça ou a Tasca do Chico no Bairro Alto. São os melhores lugares para ouvir fado numa atmosfera autêntica.

Restaurantes

Imagem: Reprodução NiT

Se encontar restaurantes que tenham paella no menú,  como se fosse algo típico de Portugal (NÃO), ou spaguetti, pizza, hambérgueres e batata frita, fuja! Nós também temos a nossa fast food! A saborosa Bifana ou Prego, que se dá tão bem com uma cerveja fresquinha! Para além disso, nós temos tão bons restaurantes que têm comida mesmo Made in Portugal.  Siga o nosso conselho: evite as ruas principais com restaurantes que tenham menús internacionais. Se repararem que os clientes são mais estrangeiros que locais e se está à procura de algo mais autêntico enão esse não será o seu melhor local. Em caso de dúvida, poderá sempre perguntar ao seu guia local pelas melhores opções. Bom apetite!

Alfama, Castelo, Belém…onde a maioria dos turistas vão

Imagem: Reprodução Sol

Não estamos a vos tirar o interesse em visitar o famoso bairro de Alfama, ou visitar Belém e o Castelo. Não negamos, Alfama tem charme, mas hoje resume-se um pouco mais a lojas de souvenirs e restaurantes e clubes de fado que já referimos que devem evitar. Belém tem o seu património inigualável, também não negamos. Mas consegue desfrutar a beleza da sua arquitectura com tanta gente? Reserve 1 ou 2 dias para os locais mais turístico e outros tantos para conhecer outros bairros como a Mouraria, Graça ou Madragoa. Se quiserem ter uma experiência mais local, longe da maioria dos turistas, recomendamos visitar Campo de Ourique ou por que não ir mais longe do centro histórico e descobrir bairros diferentes com uma arquitectura variada, vivências mais locais e tranquilas?

Visitas Guiadas

Como viajante, provavelmente gostaria de evitar visitas guiadas em grandes grupos. É impossível ouvir ou prestar atenção ao que o guia diz e poderá sentir que está a ter uma experiência muito impessoal.  Já pensou em experimentar uma visita guiada privada em Lisboa com um local? É uma experiência totalmente diferente! Como é privada poderá caminhar ao seu ritmo, sentir-se  à vontade em colocar questões e é muito mais tranquilo! Não se sentirá numa visita guiada oficial, mas a passear com o seu amigo local que lhe dará a melhor visão sobre a cidade: a sua cultura e vivências. Isso é o que nós oferecemos! True Travel, Real People! (Viagens Verdadeiras, Pessoas Reais!)

Veja as nossas ofertas e reserve connosco uma visita guiada!  Fora da Rota Tours.